PROCEDIMENTOS DE AUDITORIA EM ÁREAS ESPECÍFICAS DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autor: GILBERTO CASAGRANDE SANT’ANNA

 

2004

 

 

 

 


PROCEDIMENTOS DE AUDITORIA EM ÁREAS ESPECÍFICAS DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS

 

Auditoria das disponibilidades

 

A auditoria do disponível tem a finalidade de:

A. determinar sua existência, que poderá estar na companhia, em bancos ou com terceiros;

B. determinar se e pertencente à companhia;

C. determinar se foram utilizados os princípios de contabilidade geralmente aceitos, em bases uniformes;

D. determinar a existência de restrições de uso ou de vinculações em garantia;

E. determinar se está corretamente classificado nas demonstrações financeiras e se as divulgações cabíveis foram expostas por notas explicativas.

 

Alguns exemplos de procedimentos de auditoria relacionados: contagem de caixa, fundo fixo, aplicação financeira, confirmação de saldos bancários, pessoas autorizadas a assinar, aplicações financeiras, exames em documentos, cheques pagos, avisos bancários, aplicações financeiras, atas de assembléias ou reuniões, contratos, cálculos de conciliações, razão auxiliar dos bancos, juros pagos ou recebidos, observação de classificações contábeis, etc

Auditoria das Contas a Receber

 

A auditoria das contas a receber tem a finalidade de:

A. determinar sua existência e representatividade contra os devedores envolvidos;

B. determinar se e de propriedade da companhia;

C. determinar se foram utilizados os princípios de contabilidade geralmente aceitos, em bases uniformes;

D. determinar a existência de restrições de uso, de vinculações em garantia ou de contingências;

E. determinar que esta corretamente classificada nas demonstrações financeiras e que as divulgações aplicáveis foram expostas por notas explicativas.

 

Alguns exemplos de procedimentos de auditoria relacionados: contagem de duplicatas a receber, títulos a receber, adiantamentos concedidos a fornecedores e funcionários, exame de vendas, contratos, cálculo da soma de juros, duplicatas a receber, exame das contas, investigação detalhada das vendas, investigação na baixa de duplicatas, inquérito, observação de princípios contábeis, etc.

 

Auditoria dos Estoques

 

A auditoria dos estoques tem a finalidade de:

A. determinar sua existência, que poderá estar na companhia, em custodia com terceiros ou em transito;

B. determinar se e pertencente à companhia;

C. determinar se foram aplicados os princípios de contabilidade geralmente aceitos, em bases uniformes;

D. determinar a existência de estoques penhorados ou dados em garantia; e.

E. determinar se estão corretamente classificados nas demonstrações financeiras e se as divulgações cabíveis foram expostas por notas explicativas.

Alguns exemplos de procedimentos de auditoria relacionados: exame de estoques de matérias-primas, processo, confirmações de materiais e estoques com terceiros, exame de notas fiscais de compra e venda, contratos, cálculos de impostos, preço unitário, exame das contas de produtos acabados, em processo, etc.

Auditoria das Despesas Antecipadas

 

A auditoria das despesas antecipadas, classificadas como ativo circulante tem a finalidade de:

 

A. determinar que representam gastos efetivos que irão beneficiar o período subseqüente;

B. determinar se foram utilizados em bases uniformes os princípios de contabilidade geralmente aceitos;

C. determinar se estão corretamente classificadas nas demonstrações financeiras e se as divulgações cabíveis foram expostas nas notas explicativas.

 

Alguns exemplos de procedimentos de auditoria relacionados: confirmação com empresas de seguro, exame de faturas, notas fiscais, apólices de seguro, cálculo da amortização mensal, observação dos controles internos, etc.

 

Auditoria do Realizável à Longo Prazo

 

Os objetivos de auditoria e os procedimentos de auditoria relacionados com o realizável a longo prazo são os mesmos que os aplicados ao caixa, contas a receber e estoques, uma vez que as contas classificadas no realizável a longo prazo são da mesma natureza daquelas, diferenciando-se apenas quanto a realização, visto que ocorre em prazo superior a um exercício da data de encerramento das demonstrações financeiras.

A Lei das S.A. determina a classificação como realizável a longo prazo para os direitos após o término do exercício seguinte, assim como os derivados de vendas, adiantamentos ou empréstimos a sociedades coligadas ou controladas, diretores, acionistas ou participantes no lucro da companhia, que não constituírem negócios usuais na exploração do objeto da companhia.

 

Auditoria dos Investimentos

 

A auditoria dos investimentos classificados no ativo permanente tem a finalidade de:

A. determinar sua existência em poder da companhia ou em custodia com terceiros;

B. determinar se e de propriedade da companhia;

C. determinar se foram utilizados os princípios de contabilidade geralmente aceitos, em bases uniformes;

D. determinar a existência de vinculações em garantia;

E. determinar se a receita ou o prejuízo apropriavel ao período foram adequadamente contabilizados;

F. determinar se estão corretamente classificados nas demonstrações financeiras e se as divulgações cabíveis foram expostas por notas explicativas.

 

Alguns exemplos de procedimentos de auditoria relacionados: exame e contagem física dos investimentos, confirmação com terceiros, exame documental das vendas, compras, cálculo da participação acionária, registros, correlação entre contas do ativo e passivo, análise da equivalência patrimonial, observação da classificação adequada dos investimentos, etc.

 

 

 

Auditoria do Imobilizado

 

A auditoria do imobilizado tem as seguintes finalidades:

A.   determinar sua existência física e a permanência ern uso;

B.   determinar se pertence a companhia;

C. determinar se foram utilizados os princípios de contabilidade geralmente aceitos, em bases uniformes;

D. determinar se o irnobilizado não contém despesas capitalizadas e, por outro lado, a despesa não contém itens capitalizáveis;

E. determinar se os bens do irnobilizado foram adequadarnente depreciados e corrigidos rnonetariarnente ern bases aceitáveis;

F. determinar a existência de imobilizado penhorado, dado em garantia ou com restrição de uso;

G. determinar se o imobilizado está corretamente classificado nas demonstrações financeiras e se as divulgações cabíveis foram expostas por notas explicativas.

 

Alguns exemplos de procedimentos de auditoria relacionados: exame de bens, inspeção em obras em andamento, confirmação das escrituras em cartório, exame de documentos de compra e venda, cálculo da depreciação, etc.

 

Auditoria dos Passivos

A auditoria dos passivos tem a finalidade de:

A. determinar se são penencentes a companhia;

B. determinar se foram utilizados os princípios de contabilidade geralmente aceitos, em bases uniformes;

C. determinar a existência de ativos dados em garantia ou vinculações aos passivos; e.

D. determinar se estão corretamente classificados nas demonstrações financeiras, e se as divulgações cabíveis foram expostas por notas explicativas.

 

Alguns exemplos de procedimentos de auditoria relacionados: contagem de contas a pagar, confirmação com fornecedores, exame de notas fiscais, cálculo dos encargos, impostos a pagar, exame das contas do passivo, verificação de passivos não registrados, etc.

 

Auditoria do Patrimônio Líquido

A auditoria do patrimônio líquido tem as seguintes finalidades:

A. determinar se as ações ou o titulo de propriedade do capital social foram adequadamente autorizados e emitidos;

B. determinar se toda a norma descrita nos estatutos social as obriga-96es sociais e legais foram cumpridas;

C. determinar se foram utilizados os princípios de contabilidade geralmente aceitos, em bases uniformes;

D. determinar a existência de restrições de uso das contas patrimoniais;

E. determinar se o patrimônio líquido está corretamente classificado nas demonstrações financeiras, se as divulgações cabíveis foram expostas por notas explicativas.

 

Alguns exemplos de procedimentos de auditoria relacionados: contagem das ações, confirmação da participação acionária, exame em documentos, atas, estatutos, exame em contas de reserva, correlação entre saldos de reservas e resultado do exercício, etc.

 

Auditoria do Resultado

A auditoria do resultado tem como finalidades:

A. determinar se todas as receitas, custos e despesas atribuídos ao período estão devidamente comprovados e contabilizados;

B. determinar se todas as receitas, custos e despesas não atribuídos ao período ou que beneficiem exercícios futuros estão corretamente diferidos.

C. determinar se os custos e despesas estão corretamente contrapostos as receitas devidas,

D. determinar se as receitas, custos e despesas estão contabilizadas de acordo com os princípios de contabilidade geralmente aceitos, em bases uniformes;

E. determinar se as receitas, custos e despesas estão corretamente classificadas nas demonstrações financeiras, e se as divulgações cabíveis foram expostas por notas explicativas.

 

Alguns exemplos de procedimentos de auditoria relacionados: exame das contas correlatas ao balanço patrimonial, estudo e avaliação dos controles internos e testes de procedimentos, estudo, análise e exame das contas de resultado.

 

 

 

 

Bibliografias:

 

Attie, William. Auditoria. São Paulo, Atlas, 1998

 

Franco, Hilário. Auditoria Contábil. São Paulo, Atlas, 2000